nas-redes.png

EDIÇÃO IMPRESSA

Sexta, 9 de agosto

Capa
Capa

EDIÇÃO IMPRESSA


Saúde

Univali fará estudo para tratamentos alternativos a dependentes químicos

PROJETO. Parceria com poder público, conselho e associação propõe a implementação de apoio e tratamento com homeopatia

Foto: RP

Por Ana Paula Bazi 

    Dia 16 de maio foi marcado pela assinatura de termo de cooperação entre a Universidade do Vale do Itajaí (Univali), a Prefeitura de Itajaí, o Conselho Federal de Farmácia e a Associação Brasileira de Farmacêuticos Homeopatas, para o desenvolvimento do projeto de pesquisa Estudo Terapêutico Homeopático COCACRACK. A parceria foi firmada no gabinete do prefeito, às 16h.

    O termo será assinado pelo reitor da Univali, Valdir Cechinel Filho, pelo prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, pelo secretário de Saúde de Itajaí, Celso Dellagiustina, e pela presidente do Conselho Regional de Farmácia de Santa Catarina e coordenadora do Grupo de Trabalho de Homeopatia do Conselho Federal de Farmácia, Karen Denez. A iniciativa dá continuidade à cooperação técnica, que teve início no ano passado, entre o poder público, conselhos e a Univali, por meio do projeto Escolhas. 

    O projeto de pesquisa abordará o uso de medicamentos homeopáticos em pacientes usuários de cocaína e crack e a diminuição dos efeitos da abstinência. A proposta visa estruturar equipes de trabalho em cinco Unidades de Saúde Básica do município, capacitadas para auxiliar pessoas que, voluntariamente, buscam apoio para deixar o uso de drogas.

    "Hoje, as ações em saúde levam para a abstinência completa. O que a gente busca é criar condições, por meio de apoio e tratamento integrativo com homeopatia dentro da Atenção Básica, para diminuir a fissura e recaída de quem lida com a dependência química", explica Noemia Liege Bernardo, professora do curso de Farmácia da Univali e coordenadora do projeto Escolhas.

    A parceria, que prevê duração de dois anos, atende à necessidade de implantação de política de redução de danos de dependentes químicos na Atenção Básica e buscará recursos junto da Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) para dar início aos trabalhos práticos.

    Mais informações: (47)3341-7540, curso de Farmácia da Univali | (47) 99646-4724, com a professora Noemia Liege Maria da Cunha Bernardo.






As mais lidas do dia

jr.png

| | insta |

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.


Whatsapp
(48) 8453-0809

 

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

 

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.