nas-redes.png

EDIÇÃO IMPRESSA

Sexta, 9 de novembro

Capa
Capa

EDIÇÃO IMPRESSA


POLÍCIA

Irmãos de Tijucas são presos em operação no Paraná

11 Setembro 2018 11:12:00

TIAGO BITENCOURT

Um dos mais conhecidos assaltantes de bancos e carros-fortes no Rio Grande do Sul, que atuava em todo o Sul do Brasil, Claudio Adriano Ribeiro, o Papagaio, foi preso mais uma vez na madrugada desta terça-feira (11), no município de Agudos do Sul, no Paraná. Ele estava foragido do sistema prisional gaúcho desde dezembro do ano passado.

Segundo a polícia paranaense, ele estava com outras três pessoas em uma chácara na cidade, identificados como Mathias Klein, Jaciara Soares e Álvaro Rodrigues Soares.

Receba notícias em primeira mão pelo WhatsApp do Jornal Razão ==> https://bit.ly/2CctmHU 

Moradores da Nova Descoberta, em Tijucas, identificaram esses dois últimos como sendo residentes daquele bairro. São de família da conhecida Rua da Cachaça, estrada que contorna o Morro de Santo Antônio, na divisa entre Tijucas e Canelinha. A Polícia Militar recebeu informações de que o grupo tinha uma grande quantidade de armamento. A suspeita é de que eles tivessem tentado roubar dois carros fortes na tarde de segunda-feira (10).

Foram apreendidos em cima de uma mesa quatro fuzis, sendo um AK-47, um 5.56, um 7.62 e um .50, todos municiados. Foram encontrados 14 carregadores municiados e mais de 400 munições de diversos calibres.

Em uma outra parte da casa foram localizadas 16 placas balísticas, usadas em coletes à prova de bala, dois rádios comunicadores, sete toucas ninja, luvas, lanternas e miguelitos. Em um saco, havia três pares de placas de carros sem ocorrências de roubo

Além disso, material explosivo - emulsão e pavil - foi encontrado dentro de uma mochila. O esquadrão anti-bombas foi acionado para fazer a remoção.

Na parte de fora da chácara foram encontrados dois carros. Um Fiat Uno em situação normal e um Mitsubishi Pajero com placas clonadas. A caminhonete era blindada com dois orifícios no vidro traseiro para a colocação de armamento calibre .50 e para efetuar disparos durante perseguições.

Foi verificado que Papagaio possui dois mandados de prisão emitidos pelo Rio Grande do Sul. Os outros presos são dois homens e uma mulher.

O assaltante ficou conhecido por ser o primeiro preso a fugir da Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc). Ele foi beneficiado com progressão de regime em setembro do ano passado e fugiu em dezembro.

Papagaio é apontado como participante de um ataque a carro-forte em Bento Gonçalves, no mês de fevereiro deste ano. Um mandado de prisão preventiva contra o foragido foi expedido em junho pela Justiça. Os indícios da participação de Papagaio no ataque surgiram a partir de depoimento dos presos no local do crime e também de testemunhas do assalto.

Progressão de regime

Quando Cláudio Adriano Ribeiro, o Papagaio, foi beneficiado com progressão de regime, a Vara de Execuções Criminais afirmou que considerou parecer favorável do Ministério Público. O órgão, por sua vez, citou que desde o dia 9 de setembro do ano passado o assaltante possuía o direito de progredir de regime. Além do bom comportamento, foi considerada uma avaliação psicossocial que não contraindica a progressão da pena. As capturas foram em Ibiraquera, Sul do Estado (2000); Balneário Camboriú, litoral Norte (2006); Tubarão, Sul do Estado (2008) e Brusque, no Vale do Itajaí (2011).

Papagaio soma mais de 55 anos de prisão por assaltos a bancos e carros fortes. Dentro da cadeia, foram descontados 922 dias da pena por atividades realizadas dentro da prisão, como a leitura de livros. Com isso, o total da pena reduziu para 53 anos e 1 mês.

Histórico do Papagaio

1999 - Fugiu da Pasc

2000 - Preso novamente no regime fechado

2004 - Foi para o semiaberto por decisão judicial

2005 - Retornou para o fechado

2006 - Progrediu para o semiaberto em junho, fugiu em agosto e foi recapturado em novembro

Setembro de 2007 - Voltou para o regime fechado por decisão judicial, mas progrediu novamente para o semiaberto

Outubro de 2007 - Fugiu do semiaberto e foi recapturado dias depois e retornou para o fechado

2010 - Voltou para o semiaberto e fugiu no mês de abril. Foi recapturado no dia 24 de dezembro e permaneceu preso desde então

2017 - Foi beneficiado com progressão de regime em setembro e fugiu em dezembro.

2018 - Foi preso no dia 11 de setembro no município de Agudos do Sul, no Paraná. 

Por TIAGO BITENCOURT - 

Imagens


As mais lidas do dia

jr.png

| | insta |

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.


Whatsapp
(48) 8453-0809

 

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

 

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.