nas-redes.png

EDIÇÃO IMPRESSA

Sexta, 9 de novembro

Capa
Capa

EDIÇÃO IMPRESSA


ESPORTES

Após seis horas de viagem, ciclista de Tijucas descobre que não estava inscrito

11 Setembro 2018 05:25:00

Colaborou Murilo Roso

Em meio a disputas por medalhas e troféus, os Jogos Abertos de Santa Catarina também reservam histórias curiosas. É o caso de Hener Martins Painelli, de 56 anos, morador de Tijucas. Depois de seis horas de viagem de ônibus, com uma bicicleta na bagagem, ele chegou a Caçador e soube que sua inscrição na prova de ciclismo de estrada não deu certo.

A própria prefeitura de Tijucas havia divulgado que a cidade estaria bem representada, através de artigo publicado em seu site. Além do cliclistas, atletas do vôlei de praia e taekwondo se deslocaram à Caçador para as competições. A FME - Fundação Municipal de Esportes confirmou que a inscrição foi realizada (conforme imagem no final da página), porém o atleta não estava na relação para a disputa da prova que havia se preparado. Ainda segundo a FME, diversos atletas passaram por situação semelhante nos Jogos Abertos: no vôlei de areia um jogador de Itapema foi contratado para jogar, porém sua dupla, que é justamente de Caçador, não estava inscrito. 

Hener era o único ciclista de Tijucas nessa edição dos Jasc. Para viajar a Caçador, da mesma maneira como acontece quando participa do Campeonato Catarinense, o atleta foi inteiramente patrocinado pela Fundação de Esportes. Todavia, mal sabia ele que teria que antecipar a viagem de volta.

Logo na chegada ao município sede dos 58º Jasc, ainda na madrugada deste sábado (8) teve a primeira surpresa. O hotel reservado a ele pela Fundação Catarinense de Esportes não existia mais. O ciclista dormiu no corredor de um alojamento até que pudesse conversar com o Secretário de Esportes de Tijucas, Betinho Giacomossi. Quando lhe encontrou, imediatamente foi providenciado alimentação e hospedagem. 

Até aquele momento, o atleta aguardava pela prova, pois supostamente estava tudo certo. Todavia, quando ficou sabendo que não poderia participar da prova, o atleta tijucano não escondeu a frustração, porém sem mágoa.

Receba notícias em primeira mão pelo WhatsApp do Jornal Razão ==> https://bit.ly/2CctmHU 

"Seria importante participar de uma corrida desse nível. Vinha me preparando o ano todo, mas são coisas que acontecem. Não culpo ninguém. Estou voltando pra casa mais cedo com a certeza que no próximo ano estarei nos Jasc", disse. 

Quanto ao erro, de acordo com o sr. Hener, a inscrição estava feita no sistema, porém devido a uma falha de comunicação não foi efetivada. 

Ao tratar a situação com bom humor, Hener terminou o dia contando história nos bastidores dos Jasc. Em Tijucas, ele trabalha como professor de educação física e compete em provas regionais de ciclismo.

"Tenho metas de ser campeão catarinense e brasileiro na minha categoria, mas a principal mensagem que quero passar é que o esporte é vida, não tem idade e não tem limite", finaliza Hener.

Imagens


As mais lidas do dia

jr.png

| | insta |

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.


Whatsapp
(48) 8453-0809

 

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

 

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.