nas-redes.png

EDIÇÃO IMPRESSA

Sexta, 13 de setembro

Capa
Capa

EDIÇÃO IMPRESSA


Fundo do baú

Flagrante do Carnaval de 1966 no Tijucas Clube

Conversando com um portobelense que hoje trabalha na nossa cidade ele ficou abismado dos sócios terem sessado gradativamente de pagarem a mensalidade do Tijucas Clube. No fim concordamos num ponto: na era em que vivemos não há mais espaço para as tradicionais sociedades do passado. A juventude quer muvuca, coisa nova, gente diferente e outras coisas que nossos clubes não conseguem oferecer pela falta de apoio, público e privado.

 O nosso amigo recordou dos bailes em que a porta do Tijucas Clube fechava a uma hora da madrugada por estar superlotado, deixando aquele pessoal de Brusque e Blumenau, que tinham casas ou apartamentos na Costa Esmeralda, curtindo a festa mesmo do lado de fora.

 Esta foto de 1994 mostra como o Carnaval do Tijucas Clube era VIP: Dona Glorinha e Seu Nelinho, ............e............, Renato Ternes e Dona Júlia e o Dr. Alamir (juiz da Comarca por longos anos) e a sua esposa e nossa querida amiga Ilva Porto Faria.


As mais lidas do dia

jr.png

| | insta |

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.


Whatsapp
(48) 8453-0809

 

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

 

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.