nas-redes.png

EDIÇÃO IMPRESSA

Sexta, 19 de abril

Capa
Capa

EDIÇÃO IMPRESSA


Dona Tide, ajuda ao próximo ultrapassa fronteiras

17 Março 2017 16:58:00

Mulheres do Ano:Erotides Inácia Mafessoli, 75 anos, a Tidi, é natural de Nova Trento, casada, tem dois filhos e três netos

Cristiéle Borgonovo

A Câmara de Vereadores de São João Batista iniciou uma série de reportagens. Na oportunidade todas as mulheres que receberão o título de ‘Mulheres do Ano’, dividem conosco parte da trajetória de vida. A sessão solene onde todas serão homenageadas acontece na quarta-feira, 29, às 20h no Centro Cultural Professora Maria Roselene Duarte Clemes, no Centro.

Dona Tide, ajuda ao próximo ultrapassa fronteiras

Erotides Inácia Mafessoli, 75 anos, a Tidi, é natural de Nova Trento, casada, tem dois filhos e três netos. Ela mora em São João Batista, há 46 anos, mais precisamente no bairro Tajuba I, lugar esse que tem muito orgulho de morar e também onde montou a primeira loja. Comerciante foi à primeira profissão e o gosto pela área fez com de colaboradora se tornasse dona do próprio negócio.

Por muitos anos Tide vendia os produtos na loja que adaptou em casa, mas perdeu as contas de quantas vezes saiu a vender de bicicleta. Ela colocava as roupas e acessórios em sacolas e saia a vender de porta em porta. Mas, além da paixão pelo comércio e pela família, ela dedica parte do tempo em ajudar. “Muitas vezes tirei do meu para dar a quem precisa e jamais me arrependo disso”, revela emocionada.

O número de pessoas no qual ela ajudou com roupas de vestuário, roupa de cama, comida ou até mesmo uma palavra amiga ela não sabe ao certo. Mas, não foi só em São João Batista que dona Tide se propôs afazer o bem, ela ultrapassou fronteiras.

Erotides mostra com orgulho as fotos e mensagens trocadas por aplicativo de celular com um afilhado que ajudou na África. “O padre missionário Moises Fachini que atuou em Nova Trento, havia ido à África em umas das missões e trouxe a foto e informações sobre um jovem, ele estava desnutrido, muito debilitado e fui convidada a apadrinha-lo”, revela.

Com a ajuda financeira, por quatro anos ela arcou com as despesas do jovem para ingressar em uma graduação. Atualmente ele trabalha como professor, pois se formou em pedagogia.

Tide por 23 anos foi voluntária no Santuário de Nossa Senhora do Bom Socorro, em Nova Trento, voluntária na igreja matriz de São João Batista e também faz parte do Ministério do Consolo e Esperança, desde a fundação.

 



As mais lidas do dia

jr.png

| | insta |

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.


Whatsapp
(48) 8453-0809

 

Quem somos | Mapa do site | Webmail | Painel de controle

 

Copyright © 2017 Jornal Razão - Tijucas SC
Todos os direitos reservados.